DOMINGO IV DA PÁSCOA

 

O Evangelho põe em destaque, mais uma vez 3 caraterísticas fundamentais do Bom Pastor que hoje celebramos:
1 – “O Bom Pastor dá a vida pelas suas ovelhas”.
Isto é: o Bom Pastor assume a sua missão como um serviço fraterno: não se serve dos outros mas põe-se ao seu serviço para que as suas vidas tenham sempre mais sentido, mais dignidade e valor.
2 – “Conheço as minhas ovelhas e as minhas ovelhas conhecem-Me”.
Isto é: o Bom Pastor tem uma relação bem pessoal com cada membro do seu Redil. Conhece a cada um pelo seu nome, compartilha a sua situação, a sua necessidade, o seu problema, o seu anseio, tem presente a sua história e as suas condicionantes.
3 – “ Tenho ainda outras ovelhas que não são deste Redil e preciso de as reunir”.
Ou seja: o Bom Pastor não censura nem condena os que ainda não ouviram nem seguem a sua voz. Mas não os esquece e tudo faz para que cheguem a escutá-la e se tornem também membros do seu Povo e peregrinos do Reino de Deus.
JESUS não é hoje o Pastor visível de há dois mil anos. Mas a sua missão pastoral continua. ELE a exerce através de outro Corpo que é a sua Igreja. Por isso cada cristão, como membro desse corpo, deve colaborar na missão que Jesus lhe confia, cada qual segundo os seus talentos e a sua vocação.

 


I LEITURA
Leitura dos Atos dos Apóstolos 4,8-12
Naqueles dias, Pedro, cheio de Espírito Santo, disse-lhes:
“Chefes do povo anciãos, já que hoje somos interrogados sobre um benefício feito a um enfermo e o modo como ele foi curado, ficai sabendo todos vós e todo o povo de Israel: é em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, que vós crucificastes e Deus ressuscitou dos mortos, é por Ele que este homem se encontra perfeitamente curado na vossa presença. Jesus é a pedra que vós, os construtores, desprezastes e que veio a tornar-se pedra angular. E em nenhum outro há salvação, pois não existe debaixo do céu outro nome, dado aos homens, pelo qual possamos ser salvos.”
Palavra do Senhor

 


SALMO 117

A PEDRA QUE OS CONSTRUTORES REJEITARAM TORNOU-SE PEDRA ANGULAR.

 

Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom,
porque é eterna a sua misericórdia.
Mais vale refugiar-se no Senhor,
do que fiar-se nos homens.
Mais vale refugiar-se no Senhor,
do que fiar-se nos poderosos.

 

Eu vos darei graças porque me ouvistes
e fostes o meu Salvador.
A pedra que os construtores rejeitaram
tornou-se pedra angular.
Tudo isto veio do Senhor:
é admirável aos nossos olhos.

 

Bendito o que vem em nome do Senhor,
da casa do Senhor nós vos bendizemos.
Vós sois o meu Deus: eu vos darei graças.
Vós sois o meu Deus: eu Vos exaltarei.
Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom,
porque é eterna a sua misericórdia.

 


II LEITURA
Leitura da primeira Epístola de São João 3,1-2
Caríssimos: vede que admirável amor o Pai nos consagrou em nos chamarmos filhos de Deus. E somo-lo de facto. Se o mundo não nos conhece, é porque não O conheceu a Ele. Caríssimos, agora somos filhos de Deus e ainda não se manifestou o que havemos de ser. Mas sabemos que, na altura em que se manifestar, seremos semelhantes a Deus, porque O veremos tal como Ele é.
Palavra do Senhor


EVANGELHO
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João 10,11-18
Naquele tempo, disse Jesus:
“Eu sou o Bom Pastor. O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas. O mercenário, como não é pastor, nem são suas as ovelhas, logo que vê vir o lobo, deixa as ovelhas e foge, enquanto o lobo as arrebata e dispersa.
O mercenário não se preocupa com as ovelhas. Eu sou o Bom Pastor: conheço as minhas ovelhas conhecem-Me, do mesmo modo que o Pai Me conhece e Eu conheço o Pai; Eu dou a vida pelas minhas ovelhas que não são deste redil e preciso de as reunir; elas ouvirão a minha voz e haverá um só rebanho e um só Pastor. Por isso o Pai Me ama: porque dou a minha vida, para poder retomá-la. Ninguém Ma tira, sou Eu que a dou espontaneamente. Tenho o poder de a dar e de a retomar: foi este o mandamento que recebi de meu Pai.”
Palavra da Salvação