Galeria de Imagens

MONTE DE S. BRÁS

Constitui seu património duas capelas, a de N.ª Sr.ª do Livramento e S. Brás e do Mártir S. Sebastião, ligadas entre si por uma ponte que atravessa a estrada pública, e a famosa estátua do "Homem da Maça" e seu "bicho" de pedra.

 

Lenda do Homem da Maça

O Povo chamou-lhe "Homem da Maça", fundamentado na história de um mocetão que vindo de maçar o linho, se viu perseguido por um animal feroz. Vencendo-o com a maça de maçar o linho, ficou no imaginário popular como uma alegoria do homem viril, forte, casamenteiro, a quem as donzelas e os casais recorrem para o casamento ou para conseguir um filho varão. Esta lenda faz parte da tradição da Romaria a S. Brás e do "Homem da Maça" - que se festeja a 2, 3 de Fevereiro e primeiro domingo seguinte.

 

Capela do Mártir S. Sebastião

A Capela do Mártir S. Sebastião é uma construção do séc. XVI e está relacionada com o conjunto das edificações empreendidas por D. Rodrigo Pinheiro, o grande Bispo fundador da Quinta de Santa Cruz do Bispo, que na frontaria ostenta o escudo de armas dos Pinheiros. 

É uma construção simples em granito e tem a particularidade de possuir um altar-mor em talha, de arte popular.

 


Capela de N.ª Sr.ª do Livramento

A Capela de N.ª Sr.ª do Livramento é uma construção do séc. XVII e está relacionada com o conjunto de edificações empreendidas por D. Rodrigo Pinheiro, o grande fundador da Quinta de Santa Cruz do Bispo.

Foi reedificada em 1880 pela Viscondessa de Santa Cruz do Bispo, figura benemérita de S. Brás e da Freguesia, pelo lugar de relevo que lhe cabe no desenvolvimento de Santa Cruz do Bispo.

Tem a particularidade de possuir um altar-mor em talha, de arte popular e antigo.