Galeria de Imagens

Supõem-se que a igreja fora anteriormente da apresentação de duas famílias, D. Pedro Pelágio e D. Mendo, sendo desapossadas pela Infanta Dona Mafalda. Entre 1238 e 1247, vinte e seis doações foram feitas por padroeiros da Igreja de Santa Cruz.

Igreja constituída por capela-mor, corpo da igreja de uma só nave e coro alto. Tem cinco altares: dois altares colaterais, tendo do lado da Epístola a imagem de N.ª Sr.ª da Saúde, do lado do Evangelho a imagem de N.ª Sr.ª de Fátima; dois altares laterais, tendo do lado da Epístola o Sagrado Coração de Maria, do lado do Evangelho o Sagrado Coração de Jesus.

A Igreja foi reformada entre os anos 1757 e 1766, pelo bispo do Porto. É uma igreja de uma nave, cuja padroeira é a exaltação da Santa Cruz.

Atualmente a Paróquia está a cargo do Rev. P. João Matias Valente Azevedo.